e-Financeira: impactos para empreendedores e para brasileiros em geral
25 de agosto de 2016
Perfume de cicuta. Já sentiu o seu aroma?
11 de outubro de 2016
Show all

“Eu nao sei vender!”

Neste um ano e meio que o Verbo Mulher vem trabalhando com empreendedoras e novas empreendedoras, e mesmo muito antes, pela convivência com profissionais autônomos de várias áreas, uma queixa (quase um lamento) que muito se ouve é essa, de que vender é mais que um desafio, mas uma grande dificuldade ou incapacidade.

Eu mesma, que tenho um ótimo espelho cuja maior qualidade é apontar minhas fraquezas, já falei muito isso e até hoje – embora acredite que tenha melhorado – ainda me sinto deficiente nessa área, especialmente por conhecer algumas pessoas que parecem ser insuperáveis e incomparáveis da arte de envolver… Opa… Peraí…

Não estávamos falando de “vender”? E por que agora falei “envolver”?

Pois é. Essa é uma das questões. Muitas vezes ainda temos a ideia de que ser um bom vendedor é ser aquela pessoa falante que incomoda tanto com a verborragia que chega a dar dor de cabeça e a gente acaba comprando para “se livrar” do incômodo. Acabamos até comprando o que não queríamos nem precisávamos.

O vendedor cumpre o objetivo imediato: vender. Mas ele consegue conquistar o objetivo de médio e longo prazo, que é conquistar um cliente e depois fidelizá-lo? De que adianta realizar aquela venda imediata se nas próximas vezes o comprador vai bloquear o número do vendedor no celular, inventar desculpas para não recebê-lo ou simplesmente, vai estar preparado para rebater os pseudo argumentos do vendedor e negativar completamente a compra?

Outra questão é bem mais íntima:

Quantas de nós somos inseguras das nossas capacidades natas, nunca estudamos ou fizemos um curso de técnicas de vendas, temos auto estima baixa, e uma coisa vai reforçando a outra até acreditarmos que realmente não temos nem nunca teremos competência para vender?

Por isso, a ideia do 14º Encontro Verbo Mulher no ABC é conversarmos um pouco sobre isso, e de quebra, compartilhar umas dicas básicas para superar os primeiros obstáculos. Daí em diante, você poderá buscar cursos, leituras, formas de superar tanto o desconhecimento técnico quanto a insegurança e daqui a pouco tempo descobrir que sabe, sim, vender os seus produtos e serviços. E muito bem!

Nós acreditamos que vamos conjugar juntas o Verbo Mulher. Vem com a gente!

Informações: falar.com@verbomulher.com.br
Inscrições: bit.ly/VM14ABC 

Ana Manssour
Relações Públicas pela PUC-RS, com aperfeiçoamento em Comunicação Empresarial pela ESPM-RS e mestre em Administração com ênfase em Organizações pela UFRGS. Conta com mais de 35 anos de carreira profissional em vários segmentos de mercado. Foi professora em cursos de graduação e pós-graduação no Rio Grande do Sul, São Paulo e Minas Gerais. Fundou e foi sócia por sete anos do portal feminino Plena Mulher. Casada, mãe de quatro meninas e avó de uma menina e um menino, atualmente redireciona toda a experiência profissional, acadêmica, familiar e pessoal para apoiar o empoderamento feminino por meio do Verbo Mulher, negócio de impacto iniciado em 2015 e criado para reunir, integrar, educar e apoiar as mulheres executivas, empresárias e empreendedoras que buscam realização pessoal e profissional.

Os comentários estão encerrados.