Ser trabalhador não é sinônimo de “ter emprego”
2 de maio de 2018
2. Prontas para o Futuro – Ellevate Dubai 2018 (palestra principal)
7 de maio de 2018
Show all

1. Prontas para o Futuro – Ellevate Dubai 2018 (palestra de abertura)

Por essas coisas da vida, aconteceu de, mais uma vez, eu estar em Dubai na mesma época em que acontece o Ellevate Dubai.

Este ano, a chamada foi para discussão de pontos importantes para nos prepararmos para o “futuro do trabalho”, tanto no que se refere às tecnologias quanto e especialmente, às questões comportamentais. A preocupação principal foi um cruzamento entre trabalho X produtividade X inteligência artificial X qualidade de vida que foram a base das palestras e painéis do Future-proofed – Ellevate Dubai 2018 (Prontas para o futuro – Ellevate Dubai 2018).

O FUTURO É AQUI E AGORA

Rana Nawas, presidente do Ellevate Dubai

A palestra de abertura feita pela presidente do capítulo Dubai do Ellevate, Rana Nawas, já começou dando o tom: “O futuro é aqui e agora. Não temos poder para mudar o passado nem prever o futuro, mas temos poder para começarmos a moldar o nosso futuro, hoje.” Em relação às tecnologias e à Inteligência Artificial, Rana afirmou que algumas características humanas são mais difíceis para as máquinas desenvolverem, tais como empatia e senso de humor.

O futuro é aqui e agora. Não temos poder para mudar o passado nem prever o futuro, mas temos poder para começarmos a moldar o nosso futuro, hoje.

Abro parêntesis: Nessa hora, não pude deixar de lembrar do dr. Sheldon Cooper, personagem principal da série “The Big Bang Theory”. Sheldon é uma pessoa de Quociente Intelectual altíssimo e tornou-se um cientista reconhecido, entretanto, tem dificuldades de relacionamento com outras pessoas, justamente por ter dificuldade de sentir empatia e não conseguir desenvolver um senso de humor compreensível pelos demais. Fiquei imaginando se o futuro da Inteligência Artificial ficará num nível similar à do dr. Sheldon… Fecho parêntesis.

Elucubrações à parte, Rana seguiu afirmando que a Inteligência Artificial certamente vem para ficar e que deverá tomar a frente em tudo que se refere a tomadas de decisão em situações comuns e atividades repetitivas, libertando as pessoas dessas funções na maioria das vezes exaustivas física e mentalmente. Por outro lado, isso certamente nos exigirá o desenvolvimento de novas habilidades e competências, e afirmou que “nossos cérebros foram projetados para lidar com tudo isso”, enquanto questionou: – “Você está preparada para esse futuro?”

Você está preparada para esse futuro?

TARBALHE DURO E DIVIRTA-SE MUITO

Sobre a síndrome de “burn out”, ou esgotamento extremo causado por sobrecarga profissional, Rana falou da necessidade de conseguirmos equilibrar trabalho e vida pessoal. A quantidade de tempo dedicado ao trabalho não é tão importante quanto a produtividade apresentada, esta, sim, fundamental. Vale mais a pena ter menos tempo dedicado ao trabalho com mais foco, e mais tempo dedicado à família, aos passeios, aos cuidados pessoais, às atividades físicas com fruição e prazer.

A falta de tempo para si e para as atividades familiares e sociais, “usurpada” pelo trabalho, acaba se tornando mais um fator de cansaço, ansiedade e culpa. Acaba-se fazendo tudo num ritmo automatizado, sem aproveitar e curtir os momentos que deveriam ser, justamente, os que nos recarregam as energias e nos reequilibram física e emocionalmente. Por outro lado, “estar” no trabalho não significa realmente estar trabalhando, desde a simples derivação do pensamento, absolutamente normal em todo ser humano, até o sempre presente apelo das redes sociais e dos canais de comunicação.

Acaba-se fazendo tudo num ritmo automatizado, sem aproveitar e curtir os momentos que deveriam ser, justamente, os que nos recarregam as energias e nos reequilibram física e emocionalmente.

Ela acredita que a chave do segredo é conseguir-se chegar a uma distribuição justa e equilibrada do tempo, levando em consideração que cada pessoa é única e tem diferentes características sob todos os aspectos. Em resumo, o importante é que cada um encontre o ponto mais próximo do ótimo para fazer valer a célebre regra do “trabalhe duro e divirta-se muito”.

 

(Originalmente publicado no LinkedIn)


Continuação:

2. Prontas para o Futuro – Ellevate Dubai 2018 (palestra principal)

3. Ellevate Dubai 2018 – Painel: Tecnologia e o futuro do trabalho

4. Ellevate Dubai 2018 – Painel: Lidando com a sobrecarga

Ana Manssour
Relações Públicas pela PUC-RS, com aperfeiçoamento em Comunicação Empresarial pela ESPM-RS e mestre em Administração com ênfase em Organizações pela UFRGS. Conta com mais de 35 anos de carreira profissional em vários segmentos de mercado. Foi professora em cursos de graduação e pós-graduação no Rio Grande do Sul, São Paulo e Minas Gerais. Fundou e foi sócia por sete anos do portal feminino Plena Mulher. Casada, mãe de quatro meninas e avó de uma menina e um menino, atualmente redireciona toda a experiência profissional, acadêmica, familiar e pessoal para apoiar o empoderamento feminino por meio do Verbo Mulher, negócio de impacto iniciado em 2015 e criado para reunir, integrar, educar e apoiar as mulheres executivas, empresárias e empreendedoras que buscam realização pessoal e profissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *